sábado, 20 de agosto de 2011

CIDADE DE PARNAÍBA RECEBE A 1ª ETAPA DO PROJETO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL E INCLUSÃO SOCIAL DO INSTITUTO APRENDIZ SEM FRONTEIRAS






INSTITUTO APRENDIZ SEM FRONTEIRAS
CHEGA NA CIDADE DE
PARNAÍBA-PI

Obrigado por ter escolhido o INSTITUTO NACIONAL DE REFERENCIA EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL “APRENDIZ SEM FRONTEIRAS” INASF. Agora você irá descobrir que todos podem desenvolver suas potencialidades e habilidades necessárias à conquista de todos os sonhos. Esperamos que lutem com todas as forças na busca das realizações pessoais. Seja diferente, faça sua parte, contribua com esse sonho e transforme a realidade social em todo Brasil.
Nossos objetivos educacionais consistem em auxiliar a comunidade de JOSÉ DE FREIRAS-PI no desenvolvimento pessoal, cultural, acadêmico e profissional. Para alcançar esse objetivo mantemos um constante programa de treinamento técnico, organizacional e pedagógico para garantir um atendimento personalizado, num ambiente agradável e muito estimulante. Com o apoio da Secretaria Municipal de Educação os alunos receberão os Cursos da primeira etapa do Programa de Inclusão Social e Capacitação Profissional Para Jovens e Adultos.

ETAPA I

Curso: ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA

CONSTITUÍDO PELOS MÓDULOS: 

1. RELAÇÕES HUMANAS;
2. ORATÓRIA;
3. EXCELÊNCIA NO ATENDIMENTO;
4. MACROECONOMIA E MICROECONOMIA EMPRESARIAL;
5. DEPARTAMENTO PESSOAL (CALCULO TRABALHISTA)
6. CONTABILIDADE PATRIMONIAL;
7. LOGÍSTICA EMPRESARIAL. 
      







DURAÇÃO: O programa do curso de ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA funcionará somente aos sábados tendo duração de 02 (dois) meses divididos em 06 (seis) sábados letivos modulares nos horários Matutino 08:30 às 10:30, Vespertino 14:00 às 16:00 – 16:00 às 18:00 e Noturno de 18:30 às 20:30, 01 (um) sábado de prova seletiva para o provimento das vagas de estágio e 01 (um) sábado de entrevista para a seleção dos alunos aprovados na prova seletiva aos cargos indicados pelas instituições credenciadas ao Instituto INASF completando 08 (oito) sábados.



______________________________________________________

ALUNOS QUE PARTICIPARAM DE UM 
DOS MAIOR PROJETO DE INCLUSÃO SOCIAL E 
CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL PARA 
JOVENS E ADULTOS  DO BRASIL.
______________________________________________________



__________________________________________________________

CONHEÇA UM POUCO DA CIDADE DE PARNAÍBA- PI


Parnaíba é um município brasileiro do estado do Piauí. Possuindo uma população de mais de 146 mil habitantes, é dessa forma o segundo mais populoso do Estado, perdendo apenas para a capital Teresina. É um dos quatro municípios litorâneos do Piauí (além de Ilha Grande, Luís Correia e Cajueiro da Praia).
Além das belezas naturais, Parnaíba apresenta um grande valor histórico para o Piauí, apresentando principalmente nas proximidades do Porto das Barcas inúmeros imóveis históricos que traduzem a importâcia de Parnaíba, chegando naquela época a ser mais importante do que a ex-capital Oeiras e tendo até mesmo referências na Europa.
Hoje apesar da falta de valorização, Parnaíba vem despontando como pólo turístico principalmente com base de apoio para quem quer conhecer o litoral do PiauíDelta do Parnaíba e o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Etimologia

O nome do município, na língua tupi-guarani, significa "rio de águas barrentas", em alusão ao Rio Parnaíba. A cidade é banhada por um de seus afluentes, o Rio Igaraçu. Outras prováveis origens para o nome seriam: uma homenagem a Domingos Jorge Velho que nasceu na vila de Parnaíba em São Paulo; e uma alusão a uma faca de retalhar carne, chamada Parnahiba, trazida da Bahia pelos primeiros fazendeiros que se instalaram na Vila.
Carinhosamente, a cidade também é conhecida como a "Capital do Delta", pois é o portal de entrada para quem quer conhecer o único delta em mar aberto das Américas: o Delta do Parnaíba.

História


Dos índios ao status de vila
Antes da chegada do elemento colonizador, a região do Delta do Parnaíba era ocupada por índios Tremenbés, exímios nadadores conhecidos como “peixes nacionais”. Entre os anos de 1571 e 1614, uma série de excurções chegaram a região, atraídas pelas notícias da grandiosidade do rio que cortava a região. Eram navegadores, aventureiros, jesuítas e pesquisadores que desbravavam a região muito antes dos bandeirantes. Conta-se que um destes navegadores, Nicolau Resende, naufragou na foz do rio e perdeu toneladas de ouro, o que o levou a passar cerca de 16 anos na região em busca de seu tesouro.
Na época por causa da Carta Régia de 1701 que só permitia a criação de gado a uma distância de 10 léguas do litoral, a economia da futura província do Piauí era interiorizada uma vez que a pecuária era sua base. Além disso, essa determinação obrigou comerciantes e contrabandistas a usarem o rio Parnaíba como via transportadora já que era inviável o doloroso trajeto terrestre. Diante disso criou-se um entreposto para a guarda de animais e acondicionamento da carne bovina, a esse local foi dado o nome de Porto Salgado ou das Barcas que acabou propiciando o desenvolvimento de uma indústria charqueadora na região e de um dos núcleos que deram origem a cidade de Parnaíba. O outro núcleo gerador da cidade foi o arraial Testa Branca que anteriormente era uma fazenda de gado que não oferecia chances de desenvolvimento.
Em 20 de setembro de 1759, João Pereira Caldas, o então governador da província do Piauí, fundou a vila de São João da Parnaíba e misteriosamente escolheu como sede o arraial Testa Branca, com a promessa nunca cumprida de que fossem construídas 59 casas o que acabou gerando insatisfação nas comunidades adjacentes do Porto das Barcas.
Em 1769 a Câmara, instalada na região portuária que administrava a vila proibiu a construção de novas edificações em Testa Branca e no ano seguinte, o governador Gonçalo Botelho de castro, transferiu definitivamente a sede para o porto. Foi também em 1770 que iniciou-se a construção da Igreja de Nossa Senhora Mãe da Divina Graça que hoje é uma das poucas catedrais em estilo barroco do Estado.


Independência
Com o decorrer do tempo a vila ganhou destaque, desenvolveu-se, tornou-se um centro de difusão de cultura e de novas ideias por concentrar uma “elite intelectual” que começava a querer intervir na política nacional. Por vezes as notícias chegavam antes na vila do que na capital e foi neste contexto que Simplício Dias da Silva, rico fazendeiro e homem de prestígio, no dia 19 de outubro de 1822, proclamou adesão da vila a independência da colônia. Por ter sido a primeira Vila do Norte do Brasil a proclamar a Independência, Parnaíba foi agraciada pelo Imperador Dom Pedro I, com o honroso título de “A Metrópole das Províncias do Norte” e Simplício Dias da Silva convidado a ser o primeiro Presidente da Província do Piauí.
Prevendo que o movimento da independência poderia fazer Portugal perder sua mais rica colônia, o monarca mandou o general Fidié e suas tropas para Oeiras para conter tal movimento e caso contrario pelo menos preservar o Norte da colônia. Quando as notícias de que a independência tinha sido proclamada no litoral do Piauí, Fidié e suas tropas deslocaram-se para a vila de S. João da Parnaíba, mas ao chegar os revoltosos haviam se refugiado nas cidades vizinhas e Oeiras agora era quem declarava sua independência.
No percurso de volta a capital as tropas portuguesas foram surpreendidas com populares armados de pedras e paus, evento conhecido como a Batalha do Jenipapo em Campo Maior. Fidié apesar de ter ganho a batalha, tinha suas tropas enfraquecidas e em vez de ir a Oeiras, foi a Caxias para poder reorganiza-las, porém quando chegou nesta cidade foi cercado por tropas a favor da independência e teve que se render. Hoje, no dia 19 de outubro comemora-se o dia do Piauí.


A Confederação do Equador
Outro movimento político ao qual Parnaíba aderiu foi a Confederação do Equador, que ocorreu no dia 25 de Agosto de 1824. De Pernambuco à Parnaíba, o regime, agora, era o republicano. Mas, as forças do Imperador desmontaram essa confederação e os republicanos, em várias Províncias, foram enforcados ou fuzilados. Vários parnaibanos foram presos.


A elevação como cidade
No dia 14 de agosto de 1844, a vila foi elevada a categoria de cidade pela lei nº 166 promulgada pelo então governador José Idelfonso de Souza Ramos. A essa altura Parnaíba tinha referências na Europa e no mundo.


Praça da Graça
Este logradouro era o maior ponto de encontro da cidade, é nela que se localiza a Casa Grande, residência de Simplício Dias da Silva e a Catedral-Matriz de Nossa Senhora Mãe da Divina Graça construída em 1770 em estilo barroco, porém hoje descaracterizada pela reforma de 1936, promovida pelo Mons. Roberto Lopes.uma curididade é que a praça da graça era dividida em duas a do lado da igreja da matriz e a do lado do igreja do rosario depois foram unificadas.


Casa Inglesa
A Casa Inglesa, foi dirigida por Paul Robert Singlehurst, o “Paulo Inglês”, que se estabeleceu no Brasil em 1849. Ele foi o primeiro a trazer para o país tratores, motores e jeeps. Mais tarde, em 1884, James Clark tornou-se dono único, este foi responsável por inserir a cera de carnaúba no mercado internacional e por fornecer produtos a base de petróleo, equipamentos e instalação elétrica para 153 municípios do Piauí, Maranhão e Ceará.
Naquela época, o terraço da casa inglesa era famoso pelas festas que concentravam a elite da cidade. Hoje a casa é um hotel totalmente mobiliado com móveis antigos.

Símbolos

Bandeira


A Bandeira Parnaibana foi oficializada pelo Prefeito Dr. Lauro Andrade Correia em 14 de agosto de 1964, escolhida pela comissão de Julgamento do concurso realizado na época e instituída pela Lei Municipal nº258, de sete de setembro de 1963, e realização a 19 de novembro do mesmo ano. A Bandeira da Parnaíba, vitoriosa entre sete desenhos concorrentes, de acordo com as normas do concurso, é de autoria do artista Cristino Felix de Melo, é dele a seguinte afirmação, registrada na Lei n.º300 daquele ano:

__________________________________________________________
"Duas listas brancas simbolizam o lugar Testa Branca, que deu origem ao povoado”; “a lista azul representa o céu que cobria o lugar Porto das Barcas”; “a estrela branca simboliza a Vila de São João da Parnaíba, abençoada pela pureza da Virgem da Graça”; “O retângulo ao alto, à esquerda, reprodução das Armas Municipais, simboliza a Cidade da Parnaíba"
__________________________________________________________


Geografia

Parnaíba localiza-se na bacia hidrográfica do Rio Parnaíba e é cortada por este que se divide em vários braços formando o famoso Delta do Parnaíba, o único em mar aberto das Américas e o terceiro maior do mundo, só perdendo para o do Nilo no Egito e o do Mekong no sudeste asiático. Um desses braços é o "rio" Igaraçu, onde se localiza o porto das barcase. A maior parte da cidade esta na margem direita do Igaraçu, já a restante esta na Ilha Grande de Santa Isabel, já no delta do rio Parnaíba. A única praia do município é a da Pedra do Sal, ideal para o surfkite surf e wind surf. Outro manancial da cidade é a Lagoa do Portinho, uma das mais famosas atrações turísticas, que devido ao avanço das dunas pode desaparecer.

Praia Pedra do Sal, Delta do Parnaíba.
A cidade está localizada em terrenos do cenozóico quaternário e possui altitude de cerca de 5 metros nas regiões do centro urbano que é afastado do litoral. Encontra-se na planície litorânea e a topografia é bastante regular.
Predominam na região a vegetação de igarapés e mangues nas margens dos rios e de caatinga, litorânea e da mata dos cocais no restante do território.
Predomina na região o clima megatérmico e tropical semi-úmido, apresentando grande índice de pluviosidade devido a atuação da massa Equatorial Atlântica durante os meses de janeiro a junho.
Hidrografia


Demografia

  • Evolução populacional
Crescimento Populacional de Parnaíba[9][10][11]
AnoHabitantes
1697605
176212.746
194042.062
195049.369
196062.719
197079.216
1980102.181
1991127.929
2000132.282
2007144.892
Parnaíba é a segunda maior cidade do Estado com mais de 150 mil habitantes. Encontra-se quase conurbada com a vizinha Luis Correia, também litorânea.
O maior crescimento da cidade ocorreu de 1697, época de fundação da cidade a 1940. Neste período o Porto das Barcas era uma zona de efervecência comercial, foi o momento áureo do surgimento das grandes casas comerciais e da introdução da cera de carnaúba no cenário internacional.
A partir de 1950 até hoje a população quase quadruplica mas, já no final do século XX, observa-se a decadência da cidade em virtude das migrações para a capital Teresina e para o Sudeste do Brasil.


  • Indicadores Sociais[12]
IDHUrbanizaçãoAnalfabetismoLongevidadeMortalidade infantilRenda Per CaptaProporção de pobres
0,67494,49%26,6%61,7 anos54,5 (em mil)R$ 164,8054,1%


Economia
Segunda cidade do estado do Piauí, Parnaíba destaca-se pela bela paisagem, marcada pelos carnaubais, e pela relativamente moderada atividade comercial e industrial.
A cidade de Parnaíba está localizada à margem direita do "rio" Igaraçu, que na verdade constitui o braço mais meridional do delta do rio Parnaíba. Situada próxima ao litoral, a 13m de altitude, dista 366 km de Teresina, capital do estado.
A principal atividade econômica de Parnaíba é a exportação de cera de carnaúba, óleo de babaçu, gordura de coco, folha de jaborandi, castanha de caju, algodão e couro. O município dispõe ainda de indústrias de produtos alimentícios e perfumaria. Por exemplo, Vegeflora, Cooperativa Delta, Leite Longa, Cobrasil, Q-Odor reciclagem, Curtume Romao, Q-Odor e PVP SA.
A cidade esta produzindo frutas organicas para exportacao, no Ditalpi.
A cidade também possui fazendas de camaroes, na qual produzem o produto para exportacao.
O turismo também vem crescendo no municipio gracas ao Delta do Parnaiba. E de Parnaiba de onde saem as principais embarcacoes para visitar o Delta do Rio Parnaiba. Parnaiba fica num raio de aproximadamente 125 km de Jericoacoara, CE,Lencois Maranheneses, MA, Parque Nacional Sete Cidades, PI, Parque Nacional de Ubajara, CE.
Existem vários projetos de hotéis e resorts a serem construído no município.
A cidade de parnaiba também foi agraciada com instalacao de uma ZPE, zona de processamento de exportacao. Nessa área as empresas que se instalarem la estarao insentas de pagar impostos desde que seus produtos sejam direcionados ao mercado externo.
Em 2009, Parnaíba foi considerada a cidade mais dinâmica do estado, a 5º da região Nordeste e a 32º do Brasil.[13]

Infra-estrutura

Parnaiba esta recebendo uma rede de esgoto, na qual cobrira 80% da area urbana do municipio. Em Janeiro de 2009, a cidade de Parnaiba recebeu a primeira usina eólica do Piauí, com capacidade para produzir 18 MW. A expectativa e que logo apos do leilao energetico que ira acontecer novembro de 2009, a mesma usina eolica, instalada na Praia da Pedra do Sal, seja ampliada. A cidade também tem um distrito de irrigacao, chamado DITALPI, que atualmente produz frutas organicas para exportacao como acerola, coco, goiaba e outras. Com recursos do Governo Federal, ate o final de 2010 a segunda fase desse grande distrito de irrigacao sera concluida. O Governo Federal também esta possibilitando a ampliacao e internacionalizacao do AEROPORTO de Parnaiba,que passara a contar com um pista de 2400 metros. Conta com a estrutura da ferrovia Estrada de Ferro Central do Piauí, atualmente sem cirulação de trens, mas, que confere importâcia histórica e turística e tem a denominação atual de Ferrovia Teresina-Parnaíba. Algumas Estações ferroviárias da referida linha estão sendo restauradas pelo IPHAN. Ha intencões do governo do estado em reativar a ferrovia Parnaiba- Teresina ( 290 km), devido ao reinicio da obras do porto maritimo da Cidade de Luis Correia( 20 km de Parnaiba). A ferrovia passa próximo do Ditalpi que e ao lado area destinada a ZPE de Parnaiba, passando pelo aeroporto internacional, seguindo em direção ao porto de Luis Correia.
Parnaíba é servida por duas rodovias federais, a BR-343 (Teresina- Parnaiba) and BR-402(Fortaleza-Parnaiba- São Luis).
A cidade também possui uma rodoviaria que de onde saem onibus para diversas cidades do Brasil.
Existem quatro bancos na cidade: Bradesco, Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Caixa Economica Federal.
Parnaiba possui escritorios do SEBRAE, SENAI,SESI, SESC, IBAMAInstituto Chico Mendes,EMATER,receita federal,policia rodoviaria federal, policia federal e um centro de pesquisas da EMBRAPA.
A Embrapa vem desenvolvendo pesquisas na area de aquicultura e fruticultura irrigada.

Educação

Parnaíba esta se tornando uma cidade universitaria atraindo estudantes não somente de outras cidades do Piauí, mas também do estados vizinhos, Ceará e Maranhão.
Esta universidade oferece 900 vagas por ano, nos seguintes cursos: Turismo, Engenharia de Pesca, Ciências Econômicas, Administração de Empresas, Fisioterapia, Psicologia, Ciências Contábeis, Biologia, Biomedicina, Matemática e Pedagogia.
Em breve, na teoria, a UFPI oferecerá o curso de medicina, em Parnaíba.
UFPI oferece mestrado em Biotecnologia.
Esta universidade oferece 290 vagas por ano, nos seguintes cursos: História, Agronomia, Pedagogia, Biologia, Enfermagem, Direito, Odontologia, Letras- Português, Letras- Inglês e Ciências da Computação.
Esta faculdade oferece aproximadamente 600 vagas ao ano, nos seguintes cursos: Fisioterapia, Enfermagem, Nutrição, Direito, Pedagogia, Administração de Empresas, Contabilidade, Sistemas de Informação. Esta faculdade está em expansão e novos cursos já foram solicitados juntos ao MEC.
Esta faculdade oferece os seguintes cursos: História e Serviço Social.
Este instituto oferce cursos de técnicos e superiores. Os superiores são: Lic. Química e Lic. Física.

0 comentários:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante. Deixe sua opinião.

MATERIAL EXTRA

MATERIAL EXTRA
Livros, Apostilas e Exercícios Complementares
INSTITUTO NACIONAL DE REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL APRENDIZ SEM FRONTEIRAS